Rafaela Vitória Nogueira de Lima

paleorafaRafaela Vitória Nogueira de Lima, ou somente Rafa, nasceu em 09 de dezembro de 1994 em São Paulo capital, local onde vive até o momento. É estudante do 4º semestre de Ciências Biológicas na Universidade Mogi das Cruzes (UMC) e sonha trabalhar com paleontologia, seu amor de longa data. Amor que começou no final dos anos 90, quando se iniciava o novo milênio. Tudo começou com um livrinho sobre dinossauros. Rafaela já amava os animais e aquilo chamava sua atenção. Mas naquele livro havia algo mais, havia dinossauros e além do mais um deles despertou mais o interesse na criança Rafaela, o Arqueopterix, uma criatura lendária meio pássaro meio réptil e que já havia existido?! O que era aquilo? Era isso que Rafaela queria saber, mas era muito nova para compreender e onde iria buscar mais informações? Seus pais não sabiam explicar. Mas Rafaela adorava todo aquele mistério e com certeza ela iria descobrir uma forma de encontrar as informações que precisava.

Pouco tempo depois, seu pai havia comprado um computador de segunda mão e Rafaela descobriu a internet no ano 2001, que era bem diferente do que é hoje e ela só conseguia acessar aos domingos, e com seus seis anos de idade passou a pesquisar tudo que podia sobre dinossauros. Foi assim que tudo começou. Rafaela passou a colecionar miniaturas de animais pré-históricos, desenha-los, assistir filmes como Jurassic Park, jogar videogames que tratavam do assunto e conhecer a paleontologia. Ela só falava disso. Passou a sonhar em ser paleontóloga, nem fazia ideia de como iria fazer isso, mas sabia o que queria. Outras coisas que a interessou muito era a arqueologia, a história, a biologia e as artes, e por tudo isso ela tem muito amor.

No final do ensino médio estava desacreditada de seus sonhos, e acabou desestimulada a estudar a ciências da vida, então fez diversos cursos voltados à área de tecnologia da informação, artes e editoração e deixou de lado o que realmente amava. Mas sempre acabava lendo ou vendo vídeos sobre biologia e paleontologia. Apesar dos cursos que fizera terem sido muito uteis para ela, Rafaela estava aborrecida e jogou tudo para o alto, Se perguntou o porquê não estava fazendo o que ama e até mesmo o porquê ela não estava sendo quem ela realmente era. Foi aí que ela abandonou tudo aquilo e seguiu para as Ciências Biológicas e agora caminha em direção à paleontologia e ainda se descobriu uma mulher trans. Hoje amplia seus conhecimentos em zoologia, evolução, paleontologia e geologia a fim de compreender o quebra-cabeça da evolução dos seres vivos. Ela tem um interesse particular por entender a evolução do voo em tetrápodes.

Rafaela pretende através da divulgação cientifica atrair crianças e adolescentes para a ciência e dar acesso ao conhecimento científico para as pessoas que tem pouco acesso nas regiões periféricas de São Paulo. E através da internet expandir seu projeto. Começou a fazer divulgação cientifica no blog Piratas & Dinossauros no início de 2020. Lá ela discute assuntos sobre a paleontologia e as ciências biológicas, onde busca combater as Fake News em torno da biologia. Uma iniciativa que começou a partir da XI Jornada da Biologia da Universidade de Mogi das Cruzes, onde sua turma teve como projeto o combate das Fake News e das pseudociências. Seu Professor de Microbiologia Douglas Mascara foi uma das suas maiores influências, pois foi ele que coordenara o projeto e incentivara os alunos a divulgarem ciência e combater as pseudociências.

Foi também na IX Jornada da Biologia que Rafaela teve a oportunidade de conversar com Luiz Eduardo Anelli, paleontólogo, professor e escritor brasileiro. Anelli estava como palestrante onde discutiu a respeito dos dinossauros do Brasil, o que empolgou ainda mais Rafaela e a inspirou começar seu blog de divulgação cientifica: Piratas & Dinossauros.

Perfil da Rafa no Twitter: @sighrolf

Perfil do blog Piratas e Dinossauros no Twitter: @paleopirata

Página no Facebook: https://www.facebook.com/paleopirata