Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Arqueologia da Paisagem

Autora: Fernanda Libório Ribeiro Simões

A Arqueologia da Paisagem é tão antiga quanto à própria Arqueologia, afinal as arqueólogas e arqueólogos sempre estiveram interessados no espaço, e consequentemente na Paisagem, sendo investigadas como entidades econômicas, sociais, políticas e simbólicas.

DSC_7211

Reserva Biológica Santa Isabel, Sergipe. Nessa unidade de conservação foram identificados 17 sítios arqueológicos implantados sobre dunas holocências. Foto: Almir Brito Jr., 2014

 A Arqueologia da Paisagem estuda a percepção de grupos sobre uma paisagem socialmente construída dentro da sua mente, atribuindo-lhe significado. Então, os elementos da implantação da Paisagem são culturais e partilhados dentro de um grupo, sem inferiorizar a percepção individual. Para a Arqueologia é necessário estudar os elementos da implantação na Paisagem, que compartilhados por um grupo, resultam em maneira semelhante de perceber a paisagem.

DSC_7203

Reserva biológica Santa Isabel, Sergipe. Nessa unidade de conservação foram identificados 17 sítios arqueológicos implantados sobre dunas holocênicas. Foto: Almir Brito Jr., 2014.

Portanto, a Paisagem (arqueológica) que é percebida e compreendida pelo grupo que a ocupou, possui características que são resultados de construções sociais a partir das relações dos fatores naturais/humanos e individuais/compartilhados, sendo identificadas dentro de evidências arqueologicamente perceptíveis. A principal questão para o uso da Arqueologia da Paisagem é entender que o conceito de Paisagem é polissêmico e varia intensamente entre grupos humanos.

Fernanda Libório Ribeiro Simões é bacharela em Arqueologia pela UFS e mestra em Arqueologia também pela UFS. Desenvolveu pesquisa sobre a ocupação pré-colonial no litoral do nordeste do Brasil. Atualmente é professora da Universidade Federal do Oeste da Bahia e atua com a Arqueologia da Paisagem no cerrado baiano.

Para saber mais sobre o assunto:

  • ASHMORE, W. Social Archaeologies of Landscape. In: L. MESKEL, & R. PREUCEL, A companion to social archaeology. Oxford: Blackwell Publishing. 2007.
  • CRIADO BOADO, F. Límites y Possiblidades de la Arqueología del Paisaje. SPAL . 1991.
  • DAVID, & J. THOMAS, Handbook of Landscape Archaeology (pp. 601-608). Walnut Creek: Left Coast Press, inc. 2008.
  • McGLADE, J.  Archaeology and the evolution of cultural landscapes: towards an interdiscilinary research agenda. In: P. UCKO, LAYTON, & R., The Archaeology and Anthropology of Landscapes: shaping your landscape. London : Routledge. 1999.
  • SOUSA, A. C. Arqueologia da paisagem e a potencialidade interpretativa dos espaços sociais. Habitus , 3 (2), 291-300. 2005.
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: