Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Homo floresiensis (o Hobbit) tinha uma aparência humana

Por Dan Vergano, do USA TODAY.

 

Hobbit face reconstruction

Uma reconstrução do rosto da espécie ‘hobbit’ descoberta em 2003.
(Foto: Elsevier, JAS, Hayes et al)

O rosto do “hobbit” parece surpreendentemente humano, dizem os paleontólogos que recriaram o rosto da pequena espécie humana extinta.

Em 2003, os paleontólogos escavaram um curioso pequeno crânio de uma caverna na ilha indonésia de Flores. O crânio pertencia a uma criatura que eles batizaram de O Hobbit (apelidado por causa dos Hobbits de o Senhor dos Anéis). Formalmente chamado Homo floresiensis, a antiga espécie de seres humanos de um metro de altura provavelmente desapareceu de Flores, e da história, há cerca de 12.000 anos atrás.

Entre os debates científicos sobre o hobbit é um sobre como ele se parecia. Alguns pesquisadores aparência mais simiesca e os outros vêem sua aparência mais como a do Homo erectus, uma espécie de humana de mais de 1,5 milhões de anos. No entanto, em um próximo artigo no Journal of Archaeological Science, alguns dos descobridores originais do hobbit sugerem que os hobbits tiveram rostos de aparência humana (e não simiesca).

Nossa aproximação facial é baseada principalmente na verificação, sistemática, da relação entre o crânio e seus tecidos moles“, diz o estudo conduzido por Susan Hayes, da University of Wollongong na Austrália, escrito com seus colegas, Thomas Sutikna e Mike Morwood, os líderes da equipe original da descoberta do Hobbit.

Basicamente, os chimpanzés não têm faces humanas, o estudo argumenta, então reconstruções anteriores da aparência do rosto do hobbit fracassaram. Ou os esforços passados ​​caíram na armadilha de assumir que todas as antigas espécies de humanos modernos se assemelhava a “homens selvagens”, “elos perdidos” ou “homens-macacos”, sugere o estudo.

FONTE: http://www.usatoday.com/story/tech/sciencefair/2013/07/23/hobbit-face-human/2568363/

Acesso ao artigo de Hayes, Sutikna e Morwood sobre o rosto do Homo floresiensis no Journal of Archaeological Science:

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0305440313002343

————————

EXTRA: MORREU ONTEM O ARQUEÓLOGO AUSTRALIANO MIKE MORWOOD. Morwood, como dito na reportagem acima, foi um dos responsáveis pela descoberta do Homo floresiensis. Wormood, aos 62 anos, foi uma vítima do câncer.

Associate Professor Mike Morwood speaks at a press conference.

Fonte: http://www.abc.net.au/news/2013-07-24/hobbit-archaeologist-mike-morwood-dies/4839344

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 24/07/2013 por em Reportagens.
%d blogueiros gostam disto: