Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Pontas Clovis podem ter sido usadas como canivetes

Texto de Bradley T. Lepper, curador em arqueologia na Sociedade Histórica de Ohio.

Clovis2

Exemplos de pontas clóvis. Foto de Michael Waters.

As pontas Clovis , nomeadas por causa da cidade de Clovis , Novo México (EUA), onde foram encontradas entre os ossos de mamutes, representam o epítome do aramamento paleolítico norte-americano.

Elas tendem a ser grandes, finamente trabalhadas e feitas a partir de pederneiras de alta qualidade. Apesar de, acredita-se, serem armas especializadas para caça de mamutes, uma nova pesquisa sugere que eles eram mais como facas de uso geral de escoteiros (canivetes).

Se as pontas Clovis eram ferramentas especiais projetadas especificamente para matar animais de grande porte, como mamutes e mastodontes, os tipos especiais de sílex usados ​​na sua fabricação, juntamente com o artesanato requintado, simplesmente poderiam ter atendido necessidades práticas para a produção de um instrumento confiável usado para matar grandes animais.

Também é possível que as qualidades especiais de pontas Clovis foram devido a práticas rituais e os fabricantes acreditavam que ajudava a garantir o sucesso de empreendimentos de caça de alto risco.

Pontas Clovis certamente foram usadas ​​às vezes para matar ambos mamutes e mastodontes . Além do sítio original, pontas Clovis foram encontrados em outros 11 sítios com restos de mamutes e dois sítios com ossos de mastodonte . No entanto, algumas dúvidas foram lançadas na idéia de que as pontas Clovis foram feitas expressamente para matar mamutes e mastodontes , há alguns anos , quando Mark Seeman , que era um pesquisador da Universidade Estadual Kent, e colegas identificaram resíduos de sangue de coelhos em pontas Clovis do sítio Nobles Pond Stark County. Agora Logan Miller, um estudante de pós-graduação da Ohio State University que estuda arqueologia, observou vestígios traceológicos em uma ponta do sítio Clovis Paleo Crossing na Medina County. Seus resultados, indicam que a ferramenta foi usada para cortar plantas. Os resultados foram publicados recentemente na revista Lithic Tecnology.

Usando ampliação de alta potência , Miller analisou uma amostra de 10 instrumentos líticos , incluindo duas pontas Clovis, e identificado de uma variedade de vestígios que são indicativos de utilizações diferentes . Esta análise traceológica revela tanto as formas em que foram utilizados os instrumentos de corte, como por exemplo os de raspagem , e também do tipo de material sobre o qual eles foram usados, tais como a carne, couro, osso ou plantas.

Miller informou que uma das pontas Clovis exibiu “estrias lineares perto da ponta” – o tipo de padrão traceológico que você esperaria encontrar em uma ponta de projétil usada para matar um animal. Infelizmente, a traceologia não pode nos dizer se esse animal era um mastodonte , um coelho ou um veado.

A outra ponta Clovis teve dois tipos de traços nas laterais e bordas – um “polimento gorduroso”, que indica que ela foi usada para cortar carne ou pele fresca, e uma sobreposição de um “polimento brilhoso muito suave”, que indica que foi usado pela última vez para cortar material vegetal. Encontrar evidências de que uma ponta Clovis foi usada para cortar plantas não significa necessariamente que os caçadores Paleoíndios estavam perseguindo aspargos selvagens . As pontas podem ter sido usadas ​​para processar fibras vegetais, para fazer cordas ou cestos .

No entanto, ela sugere que longe de ser armas especializadas para caça de mamute, as pontas Clovis eram o equivalente às facas utilizadas para todos os fins do Paleolítico.

Essa ferramenta versátil teria sido útil para caçadores-coletores, que tiveram que tinham que carregar todos os seus pertences com eles enquanto eles percorriam todo o seu mundo da Idade do Gelo .

Fonte:

http://www.dispatch.com/content/stories/science/2013/09/08/1-clovis-spearpoints-likely-were-all-purpose-tools.html

Acesso ao artigo:

http://www.ingentaconnect.com/content/maney/lit/2013/00000038/00000002/art00003

Anúncios

Um comentário em “Pontas Clovis podem ter sido usadas como canivetes

  1. Pingback: Arqueologia e Pré-História | O garoto Anzick: O único esqueleto já encontrado da cultura Clovis tem seu genoma mapeado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 12/09/2013 por em Artigos, Reportagens.
%d blogueiros gostam disto: