Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Exposição: ARQUEOLOGIA EM QUESTÃO: PERCORRENDO O LITORAL CATARINENSE.

Abertura da Exposição Arqueologia em Questão: Percorrendo o Litoral Catarinense

Data: 29 de maio de 2014, às 19h.

Local: Sala de Exposição de Longa Duração do Pavilhão de

Exposições Silvio Coelho dos Santos do Museu de Arqueologia e Etnologia – UFSC

Campus Universitário Reitor João David Ferreira Lima, s/n – Trindade – Florianópolis – SC

Entrada franca

Informações: 48 – 3721-9325

e-mail: ufsc.mu.secretaria@gmail.com

Exibindo convite_expo_Arqueologia-2.jpg

 

A sala está assim denominada: Exposição de Longa Duração. O local é o Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal de Santa Catarina (MArquE/UFSC). O substrato ofertado ao público diz respeito à exposição ARQUEOLOGIA EM QUESTÃO: PERCORRENDO O LITORAL CATARINENSE.

Trata-se de evento que coaduna com o MArquE, dada a sua marcante história de pesquisa e atuação nessa área de conhecimento desde a década de 1960, como Instituto de Antropologia.

Em 29 de maio de 2014 teremos uma oportunidade sem precedentes de voltarmos nossas atenções ao passado que testemunhou ocupações de diversos grupos humanos no litoral catarinense. Estaremos frente ao ofício do arqueólogo e diante de culturas distintas no tempo e no espaço. Os períodos pós-colonial, colonial e pré-colonial – a compor aproximadamente seis milênios, se descortinarão face às pesquisas efetivadas no transcorrer de cinco décadas. Saberemos de sítios coloniais e pós-coloniais representados pela vida cotidiana nas Fortificações e seus arredores, de populações Guarani e Jê, assim como dos grupos responsáveis pelos sambaquis.

Visitaremos as representações rupestres e as oficinas líticas. Peças do acervo do MArquE, imagens e figuras variadas, somadas a uma composição de palavras, tratarão de possibilitar a pertinência do cultivo ao conhecimento e sua contígua consequência – a reflexão, que acarreta, num fluxo contínuo, o reconhecimento à diversidade e o respeito à diferença. No tempo e no espaço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19/05/2014 por em Eventos.
%d blogueiros gostam disto: