Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

A mais antiga evidência para a domesticação do cavalo

Uma pesquisa publicada no PNAS em 2012 indica que a domesticação dos cavalos se originou nas estepes da moderna Ucrânia, sudoeste da Rússia e oeste do Cazaquistão, e se espalhou pela Europa e Ásia.

Durante várias décadas os cientistas estão intrigados com a origem dos cavalos domesticados. Com base em evidências arqueológicas, há muito tempo se pensava que a domesticação do cavalo se originou na parte ocidental da estepe da Eurásia (Ucrânia, sudoeste da Rússia e oeste do Cazaquistão); no entanto, uma única origem em uma área geográfica restrita pareceu esquisito com relação ao grande número de linhagens femininas no pacote genético do cavalo doméstico, e se pensava em vários “eventos” de domesticação em uma ampla área geográfica.

A fim de resolver a história desconcertante do cavalo doméstico, os cientistas da Universidade de Cambridge usaram um banco de dados de amostra genética de mais de 300 cavalos de toda a estepe eurasiática para executar um número de diferentes cenários modelo.

A pesquisa mostra que o ancestral selvagem extinto de cavalos domésticos, Equus ferus, expandiu-se para fora da Ásia Oriental há aproximadamente 160.000 anos atrás. A pesquisa também foi capaz de demonstrar que o Equus ferus foi domesticado no oeste da estepe eurasiática, e que os rebanhos foram repetidamente reabastecidos com cavalos selvagens na medida que os grupos humanos se espalharam em toda a Eurásia.

A Dra. Vera Warmuth, do Departamento de Zoologia da Universidade de Cambridge, disse: “Nossa pesquisa mostra claramente que a população original de cavalos domésticos se estabeleceu no oeste da estepe eurasiática, uma área em que a mais antiga evidência arqueológica para cavalos domesticados foi encontrada. A disseminação da domesticação do cavalo diferiu da de muitas outras espécies de animais domésticos na medida em que o espalhamento dos rebanhos foram aumentados com cavalos selvagens locais em uma escala sem precedentes. Se estes eventos de repovoamento envolveram éguas selvagens, principalmente, podemos explicar o grande número de linhagens femininas no pacote genético do cavalo doméstico sem ter que invocar múltiplas origens de domesticação “.

Os pesquisadores fornecem a primeira evidência genética para a origem da domesticação geográfica restrita na estepe eurasiática, como sugerido pela arqueologia, e mostram que a enorme diversidade feminina é o resultado de introduções posteriores de éguas selvagens locais em rebanhos domésticos.

FONTE: Heritage Daily

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 03/07/2014 por em Reportagens.

Siga-nos no Facebook, e acesse mais conteúdo

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto: