Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Arqueólogos encontram uma ferramenta sobre lasca de 16.000 anos de idade no Oregon.

 Um grupo de arqueólogos da Universidade do Oregon e do Escritório de Administração de Terras encontraram uma ferramenta em ágata de, no mínimo, 15.800 anos em um abrigo rochoso próximo a Riley, no Oregon – uma ferramenta que indica uma das primeiras ocupações humanas do oeste dos Estados Unidos.

Ferramenta sobre lasca de ágata encontrada sob a cinza vulcânica no abrigo rochoso de Rimrock Draw, em Riley, Oregon. Crédito da imagem: Universidade do Oregon.

Instrumento sobre lasca de ágata encontrada sob a cinza vulcânica no abrigo rochoso de Rimrock Draw, em Riley, Oregon. Crédito da imagem: Universidade do Oregon.

O time tem escavado no sítio – o abrigo rochoso Rimrock Draw – desde 2011.

Em suas descobertas se incluem um número de pontas de projétil líticas e fragmentos de esmalte de dentes provavelmente pertencentes a um camelo pré-histórico (Camelops sp.) que foi extinto há aproximadamente 13.000 anos.

Porém, o que mais excitou os cientistas foi uma ferramenta alaranjada em ágata encontrada abaixo de uma camada de cinzas vulcânicas.

Próximo da base de um depósito de 3,7 metros, os cientistas descobriram uma camada de cinzas que foi identificada como cinza vulcânica proveniente da erupção do Monte St. Helens ocorrida por volta de 15.800 anos.

Abaixo da camada de cinzas vulcânicas, os arqueólogos descobriram uma pequena ferramenta sobre lasca que acreditam ter sido usada para raspar peles de animais, atividades de açougue e, possivelmente, esculpir madeira.

“É, de fato, uma camada de cinza vulcânica. Baseado em sua posição dentro do quadro estratigráfico geral, é improvável que tenham ocorrido significantes movimentações na estratigrafia durante todos esses milhares de anos”, disse o Dr Patrick O’Grady do Museu de História Natural e Cultural da Universidade do Oregon, diretor das escavações em Rimrock Draw.

“A descoberta desta ferramenta abaixo de uma camada de cinzas não perturbadas que data de 15.800 anos significa que a ferramenta é, provavelmente, mais antiga do que 15.800 anos, o que poderia nos sugerir a mais antiga ocupação humana a oeste das Montanhas Rochosas”, disse Dr Scott Thomas, arqueólogo do Escritório de Administração de Terras do distrito de Burns.

De acordo com os arqueólogos, a ferramenta sobre lasca foi provavelmente utilizada em atividades de processamento de carne e para raspar peles de animais.

As análises dos resíduos de sangue encontrado na ferramenta revelaram proteínas animais consistentes com bisão, a espécie mais provável sendo Bison antiquus, um ancestral extinto do moderno búfalo.

“Quando nós identificamos a cinza vulcânica, nós ficamos perplexos porque a cinza poderia fazer com que essa ferramenta de pedra fosse um dos mais antigos artefatos da América do Norte. Dadas estas circunstâncias e as leis da estratigrafia, esse objeto deve ser mais velho do que a cinza”, sustentou o Dr O’Grady.

“Enquanto nós necessitamos de mais evidência antes de poder fazer uma afirmação irrefutável, nós planejamos expandir nossa escavação neste verão e esperamos conseguir mais evidência de artefatos encontrados consistentemente abaixo daquela camada de cinza vulcânica. Esse é o próximo passo.”

“Por anos, muitos no campo da arqueologia assumiram que os primeiros humanos no hemisfério ocidental foram o povo de Clóvis – datando em torno de 13.000 anos atrás,” disse o Dr.  Stan McDonald, arqueólogo chefe do Escritório de Administração de Terras de Oregon/Washington.

“Mesmo que uma relevante porção de sítios arqueológicos mais antigos do que as culturas Clóvis tenham sido descobertos nas últimas décadas, ainda há um escrutínio muito considerável de qualquer descoberta que pareça mais antiga.”

Fonte: Sci-News

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 21/03/2015 por em Reportagens.
%d blogueiros gostam disto: