Lançamento de Livro: Na Rota dos Arqueólogos da Amazônia – 13 Mil Anos de Selva Habitada

Esta previsto para o dia 01 de outubro de 2015, às 19h,  durante o Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), o lançamento do livro Na Rota dos Arqueólogos da Amazônia – 13 Mil Anos de Selva Habitada, de Solange Bastos.

Local: Praça Universitária, entre PUC-GO e UFG, em Goiânia.

Para mais informações:

Site do Livro

Página do livro no Facebook

Segue abaixo as sinopses do livro e do DVD que acompanha o livro: o documentário Mundurukânia, Na Beira da História

CapaAmazônia

Na Rota dos Arqueólogos da Amazônia – 13 Mil Anos de Selva Habitada revela o passado fascinante que dezenas de jovens e velhos arqueólogos estão descobrindo na maior selva do mundo. Ao contrário do que se pensava há décadas, a floresta é ocupada há milhares de anos, por diferentes culturas, em diferentes épocas, algumas delas com verdadeiras cidades e estradas, plantio e manejo da floresta, rituais complexos.

A jornalista e escritora Solange Bastos – autora de “O Paraíso é no Piauí, a Descoberta da Arqueóloga Niède Guidon”, publicado em 2010 – viajou atrás de nossos arqueólogos, esses exploradores do século XXI. Eles deixam gabinetes e salas de aula todos os anos para mergulharem na selva que continua habitada, pelos índios descendentes dos antigos ocupantes. Atualmente, a Arqueologia na Amazônia é compreendida como uma história indígena de longa duração, muitas vezes em áreas de conflitos sociais.

Mundurukânia, Na Beira da História é um documentário de Miguel Viveiros de Castro, feito com o apoio do LAVAI – Laboratório de Antropologia Visual e Arqueologia Indígena, da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), na região do rio Tapajós, onde importantes sítios arqueológicos estão ameaçados pelo megaprojeto de hidrelétricas naquela bacia. Para os índios Munduruku, é a sua própria história que pode ser submersa.

Anúncios

3 comentários

  1. Muito interessante o tema, um assunto que muito me interessa, mas infelizmente, o trabalho de divulgação, insuficiente e inadequado. Nao ha links de livrarias ou editoras para adquirir o livro, tampouco possibilidade de adquirir a versão digital. Em que mundo vocês vivem? Onde consigo uma copia do livro?

    • Vivemos num mundo onde divulgamos, gratuitamente, todas as informações que nos são fornecidas pelos próprios autores dos livros. Num mundo onde existem sites de busca para que você possa procurar livrarias por conta própria. 😉

  2. JuCa boa noite. Achei o livro com a maior facilidade do mundo, já imprimi o boleto e pago amanhã. Att

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s