Arqueologia e Pré-História

Desde 2013 colaborando com a educação e informação ao grande público sobre arqueologia e pré-história em língua portuguesa. Notícias, artigos, eventos, e muito mais! (Este site NÃO possui fins lucrativos).

Sítio arqueológico mais antigo do Estado de São Paulo é registrado na região de Dourado

Astolfo Araujo e Letícia Correa, ambos do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (MAE-USP), publicaram recentemente, no novo periódico internacional de divulgação científica Palaeoindian Archaeology, um artigo sobre as pequisas em andamento no sítio arqueológico Bastos, localizado no município de Dourado, Estado de São Paulo. Este é o sítio arqueológico mais antigo já registrado no estado até o momento.

Localização do sítio Bastos, e do sítio Lagoa do Camargo (que é também mais antigo do que 10 mil anos). Crédito da imagem: Astolfo Araujo e Letícia Correa.

O Sítio Bastos obteve datas entre 12.600 e 7.600 anos de idade. A indústria lítica é composta de lascas em arenito silicificado com pouco retoque unifacial e ausente de artefatos formais. De acordo com os pesquisadores, o sítio provavelmente representa uma área de habitação próxima a um terraço de rio, posteriormente recoberto por um evento de colúvio.

Description: DSC08196

Terraço de basalto exposto durante a escavação do sítio. Crédito da imagem: Astolfo Araujo e Letícia Correa.

A remontagem de peças atesta a integridade do posicionamento espacial do material arqueológico. Este é o sítio mais antigo encontrado em São Paulo, e contemporâneo a outros sítios antigos, como os da região de Lagoa Santa e Pains no estado de Minas Gerais. No entanto, a indústria lítica não se relaciona com as encontradas nessas áreas, sugerindo a existência de um grupo distinto de Paleoíndios.

Exemplo de lasca de arenito silicificado fraturada e remontada em laboratório. Crédito da imagem: Ader Gotardo (MAE-USP).

De acordo com os autores, as escavações ainda não atingiram níveis estéreis (ou seja, sem presença de artefato arqueológicos). Portanto, as escavações devem continuar de modo que datas mais antigas para o sítio possam ser obtidas.

Para ler o artigo completo em inglês acesse:

Araujo, A. G. M. & Correa, L. 2016. First notice of a Paleoindian site in central São Paulo State, Brazil: Bastos site, Dourado county. Palaeoindian Archaeology, 1 (1): 04-14.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 06/01/2017 por em Artigos, Reportagens.
%d blogueiros gostam disto: